Lona Plástica: Saiba quais os Tipos, Vantagens e Indicações do Material

Lona plástica

A Lona plástica tem como função proteger ambientes ou diversos tipos de materiais. Compostas por ráfia de polietileno, essas lonas devem garantir segurança aos materiais que elas protegem. Por conta disso, o seu material é impermeável, resistente e possui proteção contra raios UV.

Em geral, as lonas plásticas são muito úteis em coberturas temporárias, tem baixo preço e facilidade para limpeza. Contudo, para prolongar sua vida útil, é interessante deixá-la longe das altas temperaturas.

Para entender um pouco mais sobre a lona plástica, leia este texto e conheça um pouco melhor este assunto.

Pontos positivos da lona plástica

As lonas plásticas são muitos úteis e podem contribuir em várias situações. Como foi dito anteriormente, um de seus pontos positivos é o baixo preço. Além disso, a lona plástica é muito resistente e não precisa de manutenção.

Outro ponto interessante é a facilidade para limpeza. Como o material da lona plástica é simples de limpar, não é preciso fazer um grande esforço para higienizá-lo. Após terminar o processo de limpeza, basta guardar a lona em um local seco e arejado.

Outro ponto positivo da lona é a segurança que ela traz para os itens que ela cobre. Como a lona plástica é muito resistente, ela consegue proteger vários tipos de materiais, ademais, os ilhoses presentes em sua extensão permitem que ela seja amarrada.

Por fim, o último ponto positivo da lona plástica é a sua rápida instalação. Como foi dito anteriormente, os ilhoses metálicos tornam esse processo bem mais rápido e prático.

Tipos de Lona Plástica

Confiram a seguir quais os tipos de lona plástica e suas aplicações:

Lona leitosa branca

A lona leitosa branca é feita de um plástico aditivado de PEBD pigmentado com uma coloração branca. Como essa lona possui algumas características estéticas bem particulares, ela tem um potencial de utilização maior do que as outras lonas. Geralmente, a lona leitosa é facilmente encontrada na Casa das lonas Metalona.

Em alguns casos específicos, a coloração da lona, além de garantir uma boa qualidade visual, consegue refletir a luz. Por exemplo, a lona branca é ideal para estufas, pois algumas plantas, como o morango, precisam de uma quantidade reduzida de luz.  A lona leitosa para estufa é diferenciada, pois tem aditivação anti-UV em sua composição, o que lhe garante maior vida útil.

Lona transparente cristal

A lona transparente cristal é feita de um material translúcido. Essa lona é muito requisitada em aplicações que exigem visibilidade e alguma passagem de luz. Para quem não gosta de lonas opacas, esse material é a melhor opção. A lona transparente não possui coloração e também é conhecida como lona incolor ou lona cristal.

Algumas lonas transparentes são fabricadas para cobrir estufas e não possuem aditivação. A lona plástica para estufa transparente é usada no agronegócio para melhorar o desenvolvimento das plantações em ambientes controlados.

Em geral, essas lonas têm aditivos anti-UV e podem ter ou não uma aditivação difusora. Para quem não sabe, essas aditivações são cristais que estão na composição da lona. A função deles é ajudar na dispersão da luz no interior de uma estufa. Com isso, as chances da planta crescer e se desenvolver aumentam bastante.

Lona para tanque de peixe

Esse tipo de lona plástica é muito ligada a piscicultura (cultivo de peixes na água doce). Ademais, a lona para tanque de peixes possui um excelente custo-benefício. Dessa forma, utilizá-la para revestir tanques é muito rentável para esse negócio, especialmente se a lona tiver alta qualidade.

Para encontrar uma boa lona plástica, não é preciso pagar caro. Basta observar se a lona é impermeável e se possui anti-UV, assim, ela terá ótimos resultados no quesito durabilidade.

Em geral, as lonas para tanques de peixes oferecem várias vantagens: troca de água facilitada, aeração simplificada e desenvolvimento mais rápido do criadouro.

Medida das lonas plásticas

Antes de medir o tamanho de uma lona plástica, é importante saber que esse produto não é medido em metros, mas em “micras”. Na tabela de medidas, micra é o plural de micrômetro e serve para analisar qual é a quantidade certa de lonas plásticas em uma construção.

Para descobrir esse número, é necessário fazer um cálculo de micragem. Depois disso, é preciso observar as especificações do produto. Dessa forma, será possível analisar se ele condiz com a qualidade prometida.

Limpeza das lonas

É muito importante higienizar a lona plástica, pois isso prolongará a durabilidade do produto. Ademais, manter a lona limpa é mais seguro para determinados negócios. Por exemplo, para quem trabalha com alimentos, não é bom deixá-los entrar em contato com uma lona suja.

A limpeza da lona plástica é bem simples, basta utilizar água, sabão e uma escova com cerdas macias. Jamais utilize alvejantes, pois isso prejudicará a cor e as fibras do material. Após terminar a limpeza, a lona tem que estar 100% seca antes de ser guardada ou reutilizada. Isso evita o surgimento de fungos.

A higienização das lonas deve ser feita, pelo menos, uma vez por mês. Contudo, se a lona for armazenada ou entrar em contato com alimentos, é importante limpá-la com mais frequência. Dessa forma, haverá menos chances de microrganismos nocivos se espalharem e contaminarem o local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *